100%

Vereador Everson Luan Adolphatto conduzirá os trabalhos da Câmara Municipal no biênio 2019-2020

Na última segunda-feira (10), foi realizada a 2° Sessão Extraordinária do 2° período legislativo de 2018, a qual teve pauta exclusiva de Eleição da Mesa Diretora para o biênio 2019-2020. Com uma chapa inscrita, composta pelos Vereadores: Presidente Everson Luan Adolphatto, Vice-Presidente Mauro Ivan Negrelli, 1° Secretário Jesse da Rocha Zoellner e 2° Secretário Cornelio Grosskopf, a chapa foi eleita por 8 votos favoráveis e um voto nulo, em votação secreta. 
                       Com isso, o Vereador Everson conduzirá os trabalhos do Poder Legislativo nos próximos dois anos, juntamente com os demais Vereadores da Mesa. O Vereador Jesse da Rocha Zoellner deixará a presidência para assumir a 1ª Secretaria da Mesa. 
                    O Vereador Everson promete um mandato de diálogo e transparência: "Iremos trabalhar pautados na transparência, no diálogo e na efetiva realização de Projetos a favor da população". 
                    Everson Luan Adolphatto tem 26 anos, nascido em 19 de maio de 29 de maio de 1992, filho de comerciantes de Agudos do Sul, está em seu primeiro mandato como Vereador, pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB).
Protocolos desta Publicação:Criado em: 12/12/2018 - 10:10:26 por: Mauri Munhoz de Camargo Filho - Alterado em: 12/12/2018 - 10:10:26 por: Mauri Munhoz de Camargo Filho

Notícias

Câmara retoma os trabalhos em 2019
Câmara retoma os trabalhos em 2019

Nesta segunda-feira (14), a Câmara retomou suas atividades em 2019. Na presença do Presidente Everson Adolphatto, foram traçadas as metas do ano e definidos os cronogramas de atividades

TCU tem treinado cidadãos para analisarem a gestão de contratações dos Municípios
TCU tem treinado cidadãos para analisarem a gestão de contratações dos Municípios

O Tribunal de Contas da União (TCU) tem treinado e capacitado cidadãos brasileiros para analisarem como as prefeituras realizam a gestão de contratações. Inicialmente, a tutoria está direcionada a integrantes da rede Observatório Social do Brasil, de 70 Municípios, em dez Estados. Essas pessoas vão avalizar se suas prefeituras têm condições de realizar boas contratações públicas. Os voluntários da rede são chamados de observadores sociais. O objetivo da capacitação é...